• A HISTÓRIA DE PEDREIRA CONTADA POR EDGARDO LUIS STEULA

    PEDREIRA acaba de receber um registro inédito de sua história.

    “A HISTÓRIA DA CIDADE DE PEDREIRA – NASCIMENTO, EVOLUÇÃO E RELATOS DE UMA CIDADE EMPREENDEDORA, livro de autoria de EDGARDO LUIS STEULA, foi publicado pela família desse pedreirense que se dedicou durante 13 anos à pesquisa de dados, levantamento de documentos e registros de fatos da história de nossa cidade e de seu povo.

    O livro é composto de 12 capítulos.

    Aborda a história de nossa cidade desde a fase pré-emancipação e também contempla as dificuldades e desafios que surgiram com a emancipação, posto que a independência de Pedreira resultou na necessidade de se criar renda no município e dotar a cidade de estruturas até então inexistentes. Não há como deixar de se emocionar com a determinação e a luta do Tenente-Coronel João Pedro de Godoy Moreira pela emancipação, que lutou por providências, reivindicou e doou parte de seu patrimônio para a construção da infraestrutura mínima para o surgimento de nossa cidade.

     A “Era da Porcelana” é registrada em um capítulo específico, com o surgimento das fábricas de cerâmica e louças em nossa cidade, trazendo riqueza e prosperidade.

    O livro ainda trata da migração italiana em nossa região, abordando seus costumes e tudo de bom que ela trouxe para nosso município.

    A saga dos pracinhas pedreirenses também foi relatada no livro, contando inclusive com relatos das famílias e registros do autor, que foi conterrâneo e teve contato com a maioria deles.

    Um capítulo inteiro é dedicado à idealização, construção e também às crises pelas quais passou nosso hospital.

    Pedreira atualmente é conhecida nacionalmente pelo turismo comercial, mas esse turismo não nasceu por acaso: foi induzido pela administração do saudoso prefeito Hygino Amadeu Belllix que, sendo um visionário, investiu em obras que tornaram Pedreira uma atração para seus visitantes. As lojas de venda de adornos vieram em seguida, no rastro de obras como a urbanização do Morro do Cristo, construção do teleférico, colocação do avião no Morro do Cristo, implantação do Museu, construção da marginal, dentre outras. A criação da FIP – Feira Industrial de Pedreira, que inicialmente era coordenada pela Prefeitura, deu um forte impulso ao turismo comercial.

    Há um capítulo que relaciona os intendentes, prefeitos e vereadores da cidade e um outro capítulo com efemérides pedreirenses. Efemérides é um registro cronológico de fatos importantes.

    Dois outros maravilhosos capítulos tratam de símbolos e tradições de nossa cidade e também das principais entidades e organizações de Pedreira, alguma delas já extintas, mas que marcaram época.

    Ao final do livro existe um apêndice, que foi escrito pela família de Edgardo Luis Steula, expondo registros e relatos da vida do autor e sua contribuição para a comunidade em que viveu, seu trabalho frente a diversas entidades, sua vida profissional e sua vida em família.

    O livro foi patrocinado pela STEULA EQUIPAMENTOS LTDA, empresa fundada por Edgardo Luis Steula e que está completando 60 anos de atividades em 2018. Foi confeccionado com papel  certificado pelo conselho brasileiro de manejo florestal e tem catalogação ISBN junto a FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL. O trabalho artístico e revisões ortográficas do livro foram coordenadas pelo pedreirense MARCO MORATORI da AGÊNCIA COMUNIQUE.

    O livro se encontra à venda no escritório da APAE de Pedreira pelo valor de R$ 100,00, sendo que toda a receita da venda é destinada a esta importante entidade assistencial que foi fundada e presidida durante 2 mandatos pelo autor do livro.

    Leia. Conheça. Recorde. Emocione-se. Não deixe, porém, de guardar um exemplar desta obra para seus filhos e netos. Eles vão lhe agradecer !

     

Siga nos nas Redes Sociais